vantagens do LMS Moodle que você precisa conhecer

vantagens do LMS Moodle que você precisa conhecer

Se você não sabe o que é o Moodle, é provável que você use essa palavra para uma espécie de macarrão feito em minutos (o popular prato do sul da Ásia). Infelizmente não é. Moodle é um acrônimo para Ambiente de Aprendizagem Dinâmica Modular Orientada a Objetivos (MOODLE), desenvolvido pelo educador e programador de computadores australiano Martin Dougiamas .

É o primeiro LMS ( Open Source Learning Management System ) lançado ao público em 2002. Desde então, o Moodle é a melhor alternativa para dezenas de softwares LMS comerciais. Atualmente, cerca de 100 milhões de educadores já usaram ou ainda usam essa plataforma.

Você pode ser um deles. Aqui estão algumas características / vantagens independentes do Moodle LMS para você considerar e usar o Moodle.

Software LMS altamente configurável

O Moodle Learning Management System (ou, Moodle LMS ) é um LMS altamente personalizável. Sendo um software de código aberto, o Moodle muda continuamente ano após ano, com melhorias excepcionais incorporadas nas versões mais recentes, de sua comunidade de desenvolvedores em todo o mundo.

Como os requisitos de aprendizado / treinamento e desenvolvimento mudam em relação aos objetivos da organização, o Moodle permite que você faça ajustes no software. Adicione os plugins, temas ou qualquer outra coisa Moodle necessária. Dessa forma, você obtém o LMS perfeito.

Além disso, a grande vantagem desse fato é que você paga pelo que recebe. Os outros LMSs são um software de eLearning completo. Ou seja, você pode encontrar muitos recursos que não pode usar, mas gasta mais dinheiro ao comprar esse LMS.

Foto descrevendo o alvo certo ao usar o LMS Moodle
Foto descrevendo o alvo certo ao usar o LMS Moodle

# Moodle fala PHP simples

Se o Moodle LMS é escrito em linguagem de programação PHP, qual é o benefício para você e para mim? Bem, o PHP é conhecido por sua fácil implantação e implementação. Isso significa que o idioma abre o caminho perfeito para infinitas capacidades e expansões de funcionalidade no futuro.

Portanto, a atualização contínua do Moodle na forma de suas versões é viável. Portanto, você não ficará para trás dos seus concorrentes quando se trata de alavancar a tecnologia para requisitos de aprendizado / treinamento e desenvolvimento.

Além disso, sua flexibilidade de rodar em qualquer plataforma, como Linux, Unix, Windows, macOS e até mesmo no recém-chegado Ubuntu, fez do PHP a escolha preferida para escrever o software Moodle LMS.

Em suma, escrever o software Moodle em PHP tornou o Moodle LMS independente de qualquer plataforma, assim como sua linguagem de software.

# Muitos Plugins!

As chances são de que nenhum outro LMS, exceto o Moodle, tenha esses muitos plugins. O diretório de plugins do Moodle nos diz que há cerca de 1601 plug-ins, e eles são baixados 366,6K vezes! ( As estatísticas são obtidas no momento da redação deste artigo ).

Esses complementos oferecem uma grande flexibilidade; sempre que quiser aprimorar seu LMS, você pode adicioná-los. Caso contrário, você pode descartar o mesmo. Não é uma coisa legal?

Além disso, alguns complementos para o Moodle estão disponíveis comercialmente. Os plugins como – Edwiser RemUI, H5P, Congrea, Poodll, LearnerScript , etc., para citar alguns, não são nada menos que excelência. Plugins como esses não apenas proporcionam uma vantagem sobre os outros LMSs, mas também o tornam um ótimo substituto.

# Comunidade de especialização global

No Jurassic Park de Spielberg, John Hammond, o milionário que arrenda uma ilha para construir o parque, exala em uma cena de pânico, “em quem mais posso confiar além do especialista em dinossauros (Dr. Alan Grant)”.

Confie nos especialistas!

Porque o Moodle possui uma forte rede de 88 parceiros (no momento da redação deste artigo) e centenas de milhões de usuários, desenvolvedores, administradores, professores etc. em todo o mundo. Nenhum outro LMS possui essa rede profissional comprometida, exceto o Moodle LMS. Além disso, o Moodle HQ realiza o MoodleMoots em todo o mundo para fortalecer a comunidade e discutir qualquer coisa sobre o Moodle.

# Flexibilidade do tipo avaliação

Antes de escrever este artigo, conheci um desenvolvedor experiente do Moodle e perguntei a ele, dizendo: “qual é uma grande vantagem do Moodle (em relação a outros LMSs) que você observou ao longo dos anos como desenvolvedor, que um cidadão comum não pode encontrá-lo no Google?”

“Testes”, ele respondeu. “Eles são o coração do Moodle LMS. Diferentemente dos outros LMSs disponíveis no mercado, o Moodle oferece uma variedade de tipos de avaliação: questionário, questionários, tarefas, pontos de acesso, avaliação de tipo de áudio e vídeo, etc. tudo por um custo gratuito. ”

“Tudo depende do tipo de avaliação que melhor se ajusta aos objetivos de P&D da sua organização e, além disso, se o aprendizado não é medido para o desenvolvimento, afinal de que serve o aprendizado”, continuou o humorista.

E a linha de fundo aqui, semelhante às palavras de Hal Elrod – The Miracle Morning guy , é esta: Aprenda, meça e cresça! O Moodle LMS simplesmente facilita essa abordagem para você.

# Ferramentas de análise de aprendizagem

Você deve se lembrar dessa famosa citação de Peter Drucker : “O que é medido é gerenciado”. Como mencionei no parágrafo acima, não adianta se o seu eLearning no Moodle não for medido e analisado para obter insights acionáveis ​​para melhorar seus resultados de aprendizagem . Essas idéias do Moodle desempenharão um papel construtivo e crucial para organizações e indivíduos, para traçar o curso da ação de aprendizado, respectivamente.

Com o objetivo de obter análises de aprendizado , você encontrará mais ou menos uma dúzia de ferramentas de análise e relatórios disponíveis para o Moodle LMS. Alguns deles, como o LearnerScript , pertencem à família Moodle.

# Sistema de feedback

O sistema de feedback no Moodle é parte integrante do LMS. Isso ajuda a entender como está o seu curso, formadores / professores, métodos pedagógicos, o que de outra forma não é possível saber.

O feedback no Moodle visa melhorar a qualidade dos esforços de pesquisa e desenvolvimento. Em outras palavras, ajuda a verificar o treinamento do tipo formalidade, que é apenas um fardo e diminui as chances de um melhor ROI da sua organização. Para avaliar se seu treinamento é produtivo ou não, vários tipos de perguntas, como múltipla escolha, respostas a ensaios e, como tal, formam o feedback no sistema.

Para saber mais sobre as vantagens do Moodle LMS e seus serviços, consulte-nos agora . Há muito mais reservado para você!

Por que produzir um site na plataforma Moodle?

Por que produzir um site na plataforma Moodle?

precisa de um Moodle?

Aumento na busca por melhor qualificação para o mercado de trabalho e falta de tempo para voltar à sala de aula. O resultado dessa soma é a procura cada vez maior por alternativas de educação à distância. Esse cenário se tornou mais significativo nos últimos anos, segundo os últimos Censos EAD da ABED, o crescimento no número de alunos na modalidade EAD ultrapassou o de alunos em cursos presenciais. A flexibilidade de horários, a possibilidade de acessar as aulas em qualquer local, a qualidade dos materiais e tutores disponíveis, junto à oferta de cursos cada vez mais reconhecidos pelo MEC, são os principais fatores que impulsionam esse comportamento. Mas, sem dúvida, a evolução das plataformas de ensino também é uma grande motivação para a proposição de cursos online – sejam de graduação ou pós-graduação, sejam cursos livres e de extensão.

Saiba o que é Moodle

Entre os sistemas mais utilizados para esse fim está o Moodle (Modular Object-Oriented Dynamic Learning Environment), um software livre, surgido em 2001, voltado ao gerenciamento de atividades educacionais. Hoje, uma das plataformas mais utilizadas no mundo, o Moodle é referência como Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) e oferece diversos recursos importantes para uma boa comunicação entre professores e alunos. Implementado por diversas escolas, empresas privadas e universidades publicas e federais, atualmente o Moodle está presente em mais de 235 países, com aproximadamente 106,595
mil sites, sendo que mais de 5.000 somente no Brasil, segundo dados do Moodle.net.

Por ser um sistema de código aberto (open source), o Moodle é atualizado de forma colaborativa, por diversos profissionais de tecnologia ao redor do mundo, o que facilita a evolução constante da ferramenta. Inclusive o site Moodle.org é a maior comunidade para informações e discussões entre os usuários da plataforma. Apesar de sempre possuir uma versão oficial (hoje está na 3.8.1), o Moodle é facilmente adaptável às necessidade de quem deseja implementá-lo em seu site. Por ser projetado em linguagem PHP pode ser instalado em diversos ambientes (Linux, Windows, entre outros) e utilizado com diferentes bases de dados (MySQL, Oracle, entre outras).

Veja como o Moodle funciona e saiba para quem é indicado

O Moodle é indicado principalmente para organizações ligadas à fins educativos, sejam escolas regulares e universidades ou centros educacionais voltados à cursos de extensão de diferentes áreas. É comum que o Moodle também seja utilizado por empresas privadas, órgãos governamentais e não-governamentais, bibliotecas, instituições culturais, entre outros, com intuitos diversos, como a formação de comunidades de discussão ou mesmo como repositório digital de informações. Como qualquer outra plataforma, o Moodle pode ser utilizado para atender diferentes necessidades, podendo servir para demandas lucrativas ou filantrópicas, e podendo ser utilizado por um único professor/formador e alguns alunos ou por milhares deles.

Com uma interface bastante intuitiva, adaptada a desktops e dispositivos móveis, o Moodle é baseado em três níveis de usuário: administrator, professor e aluno. O administrador tem permissões mestres, como gerir todos os dados do sistema (disciplinas, módulos, entre outros). Também pode definir modelos de autenticação, editar a página inicial e a aparência do site, gerar relatórios, programar cópias de segurança, atualizar a versão do Moodle, entre outras funções. O tipo de usuário professor é responsável pela configuração de disciplinas, gestão de alunos, grupos, escala de notas, arquivos, tarefas realizadas pelos alunos e fóruns de discussão, ou seja, tudo que compete às aulas. Também tem permissões para análise de relatórios e gestão de cópias de segurança. Já no perfil de aluno o usuário tem acesso aos recursos mais básicos, para participação em disciplinas e atualizações de perfil próprio.

Os cursos no Moodle podem ser configurados em diversos formatos, sendo que os mais comuns é: social, onde as aulas giram em torno de um fórum na página principal; semanal, onde o curso é organizado por semanas, com datas previstas de início e fim; e em tópicos, onde os assuntos das aulas são organizados por tópicos, sem limite de tempo pré-determinado. Um site Moodle suporta milhares de cursos, que podem ser categorizados e pesquisados (em ferramenta de busca dentro do próprio site). Ainda sobre aulas, é importante destacar que uma das principais características do Moodle é o estímulo a conteúdos multimídia, já que disponibiliza diversos recursos como fóruns, enquetes, chats, glossários, diários, áudios, vídeos, questionários, editores de HTML, blogs, calendários, entre outros. São muitas as formas de trabalhar os conteúdos didáticos e estimular a interação entre alunos e professores.

Todos os recursos do Moodle são modulares, podendo ser ativados ou ocultados conforme as necessidades. As possibilidades de personalizar a interface também são diversas. É possível utilizar a ferramenta em seu layout padrão ou optar por inserir identificações visuais de sua empresa.

Como iniciar um site Moodle?

Para ter um site Moodle os passos são os mesmos seguidos para a construção de qualquer outro tipo de site. Primeiramente, você deve ter um domínio (endereço do seu site). Escolher um domínio que sintetize sua marca é muito importante, vale muito investir tempo e esforço nessa etapa.

Depois de escolhido o domínio, é importante pensar na hospedagem ideal para seu site. Nesse momento é fundamental avaliar a quantidade de acessos esperada para a página. Se sua base de alunos e professores já tem (ou pretende ter) mais de mil usuários, por exemplo, considere que os acessos mensais à página tendem a ultrapassar cinco mil, o que exige um servidor dedicado, que mantenha sua página sempre acessível – se esses números forem menores, uma hospedagem compartilhada já atende suas demandas.

Outro ponto importante a ser considerado é a quantidade de uploads de materiais a serem feitos na página. Mesmo que sua base de usuários não seja muito grande, mas seu site irá comportar um grande número de arquivos, é importante optar por um espaço em disco maior. Preparamos um material que trata justamente da hospedagem adaptada às necessidades de cada site, para que você escolha a melhor opção para seu negócio.

Com o domínio e hospedagens definidos, o próximo passo é instalar o Moodle em sua página. Você pode optar pela forma mais trabalhosa, que é baixando o arquivo do sistema diretamente no site oficial do Moodle e instalando manualmente, com o auxílio de tutoriais. Esse formato, no entanto, exige conhecimentos técnicos para garantir que tudo seja configurado corretamente

A LS Consultoria já oferece hospedagens otimizadas para a plataforma Moodle, esse processo fica muito mais fácil. Basta entrar em contato conosco e passar o domínio/pasta onde ele será instalado. Em seguida, iremos liberar as informações sobre acesso, como usuário e senha para login. Por um preço bem acessível, você já tem seu site Moodle pronto para personalizar e sair utilizando, pode ainda contar com nossa expertise e contratar a personalização e criação de cursos/atividades.

A parte de configuração de recursos do Moodle dependerá muito das necessidades de cada página. O próprio site oficial da ferramenta conta com materiais em português para adaptar o Moodle conforme desejar. De qualquer forma, a tela de configurações da ferramenta é bastante intuitiva. No menu lateral esquerdo, como administrador, você tem acesso à edição de perfil, às páginas do site, tela inicial, usuários, plugins, linguagens, e claro, à aparência de seu site (conforme imagem abaixo). Você pode escolher entre uma série de temas prontos, que são instalados automaticamente, ou optar por baixar outros temas disponíveis na internet, ou no próprio Moodle.org.

Pronto, agora que você já sabe muitas informações sobre o LMS Moodle, continue acompanhando nosso blog para mais dicas sobre essa ferramenta, e se precisar não exite em nos contratar!

Precisa de um LMS Moodle?

Precisa de um LMS Moodle?

Precisa de um LMS Moodle?

Então você tem que saber disso!

Já está na hora de ir para o próximo nível em termos de gerenciamento da aprendizagem na sua organização?

Você deve saber: Seja adquirindo um novo sistema ou trocando o que você já tem, ter um LMS é um dos pontos mais importantes e mais caros dentro da estratégia de implantação de uma universidade corporativa, no entanto existe aplicações open source como o Moodle, esta pode ser uma solução viável.

Neste post quero te ajudar a enfrentar esse desafio da maneira menos dolorida possível.

O que é

Learning Management System é o sistema que permite criar uma estrutura de treinamento e gerenciar conteúdos, usuários e recursos de comunicação.

Preciso de um Moodle?

precisa de um Moodle?

Uma das principais vantagens de ter um LMS Moodle é a possibilidade de medir e gerenciar resultados e progressos. Se você tiver que escolher uma, apenas uma, variável que determine sua escolha, foque nos relatórios.

Esses não podem faltar:

 Progresso do curso (quem concluiu, iniciou, abandonou, não acessou, reprovou etc);

– Data e período de disponibilização do treinamento;

– Último acesso do usuário (onde o aluno parou o curso?);

– Tempo gasto no curso e nas suas atividades (acessou fórum? respondeu avaliação de reação? fez a prova?);

– Cursos ativos e inativos;

– Cursos mais visualizados;

– Respostas das Avaliações de Conhecimento (qual a pergunta com maior percentual de erro?); 

– Taxa de evasão (por curso, por tela do curso)

– Relatório por filial;

– Avaliação de reação detalhada;

– Lista de presença.

Benefícios

Acesso 24×7

Os alunos podem acessar os treinamentos on-line a qualquer momento e em qualquer lugar, além de poder retornar ao curso para tirar dúvidas sempre que quiser.

Savings em estrutura de treinamento, acomodações, deslocamentos…

Não há necessidade de tirar o funcionário de seu posto de trabalho para treiná-lo, ele pode realizar o treinamento quando melhor lhe convier (a ele e ao seu gestor).

Equidade e centralização no acesso às informações

Todos receberão a mesma informação, evitando ruídos na comunicação.

Tomada de decisão consistente

Por meio de variados relatórios é possível colher dados fiéis que apoiem tomadas de decisão estratégicas.

Gestão do conhecimento

Compartilhar conhecimento por meio de fóruns, chats e mecanismos de gamificação gera motivação e engajamento entre os funcionários.

Geração de renda

Via um bom LMS você pode vender treinamentos para parceiros que necessitem de conhecimentos de sua indústria. Por exemplo: uma empresa de energia elétrica pode oferecer cursos de trabalho em altura para outras empresas que necessitem desse conhecimento.

O que considerar?

Espero que você possa explorar todas as potencialidades de um LMS, como:

Ferramentas de apoio à aprendizagem

– avaliação

– conteúdos

– repositórios

– glossário

– suporte à diferentes tipos de treinamento (mobile, social, flipped, presencial, gamificação etc) 

Ferramentas de comunicação

– fórum e chat

– webconference

– wiki

– interface amigável e moderna

– customização de acordo com o guideline corporativo

– catálogo de cursos

– notificações de novos cursos e progresso para o aluno

Ferramentas de gestão

– administração de usuários

– administração de perfis e responsabilidades

– suporte ao aluno

Ferramentas de gestão

– administração geral

– relatórios

– frequência e consistência de melhorias e recursos

– certificados

Acima, cometei com você sobre o que é um LMS, citando o Moodle, quais os benefícios de se ter essa plataforma e o que tipos de ferramentas de apoio podem ser interessantes que o LMS apresente.

Agora vamos falar sobre o processo de compra e vou denunciar alguns erros para que você não caia em armadilhas. vamos lá:

Processo de compra

1.      Definir necessidade

Qual o propósito de ter um LMS? Quais problemas serão solucionados com a compra de um LMS?

Procure respostas SMART (específico, mensurável, alcançável, relevante, temporal) para esses questionamentos, por exemplo:

– aumentar a produtividade dos funcionários em 20% até o final de ano por meio de aplicação de treinamentos online;

– alcançar o objetivo da companhia de aumentar o nível de satisfação do cliente em todas as empresas do grupo em 25% por meio de treinamentos a funcionários geograficamente dispersos;

– diminuir o tempo de treinamento de novos funcionários de 2 meses para 2 semanas até o final do próximo semestre;

– diminuir os custos de treinamento em 30% até o final do ano reduzindo despesas de acomodação, alimentação e deslocamento de alunos e instrutores.

Conhecer seu público

Uma vez definida a necessidade, é hora de conhecer a fundo a quem o LMS deve servir. Isso faz toda diferença na hora de escolher a plataforma que oferece os melhores recursos, por exemplo:

– se você é uma instituição de ensino ou tem um público jovem a ser atendido, seu foco provavelmente estará em garantir engajamento do aluno por meio de gamificação, social learning, ferramentas colaborativas etc;

– se sua organização é composta por executivos atarefados, então talvez precise voltar seus olhos para soluções mobile;

– sua empresa está em vários países? Então é primordial que você tenha uma plataforma multi-idiomas.

E mais: você pretende atender parceiros ou vender cursos na sua plataforma? Considere as necessidades desses públicos.

2. Definir requisitos de implementação

Aqui vamos tratar de especificações técnicas, funcionalidades, suporte da plataforma e orçamento. Nesta etapa pode ser importante envolver a área de TI de sua empresa para entender questões de segurança da informação.

Cada organização terá suas especificidades, mas algumas coisas são comuns a todas, por exemplo:

– certificados;

– relatórios;

– área de acesso para instrutores;

– integração de conteúdo de acordo com os padrões SCORM e TinCAN;

– diferentes perfis de acesso, de acordo com os papeis e responsabilidades de cada um.

Nesta etapa você já terá condições de optar por um LMS exclusivo, desenvolvido para suas necessidades e instalado no servidor da empresa, ou um LMS na nuvem (Cloud LMS).

Os custos envolvidos na aquisição de um LMS podem envolver: licença, implementação, customizações e upgrades. Há algumas maneiras de se apresentar essa cobrança:

– por número de cursos disponíveis na plataforma, independentemente do número de usuários;

– por número máximo de usuários durante determinado período (mensal, semestral, anual);

– por usuários ativos na plataforma;

– por recursos ou módulos oferecidos (módulo Relatório, módulo Avaliação etc)

– licença perpétua.

Considere tudo isso no seu orçamento.

E, por último, mas não menos importante: cronograma! O tempo de conclusão desse projeto terá como base:

– tipo de LMS (um Cloud leva menos tempo);

– necessidade de customização para o seu negócio (quanto mais específico ou regulado o seu negócio for, mais tempo será investido aqui);

– disponibilização ou migração de materiais (se os cursos ainda serão produzidos ou se precisarão de ajustes para se adequar ao novo LMS. No mínimo, HTML5 e SCORM!).

3. Pesquisa de mercado

Agora que você conhece suas necessidades e suas limitações, veja o que o mercado oferece:

– faça benchmarking em empresas com necessidades parecidas com as suas;

– elabore um bom briefing com as informações que você apurou até aqui e chame os principais players de mercado para uma conversa;

– navegue no site desses potenciais fornecedores – geralmente já dá pra ter um “cheirinho” do sistema;

– peça um trialsinta a experiência do LMS.

4. Avalie o LMS

Concluída a etapa anterior, você provavelmente tem dois ou três fornecedores que se encaixam no perfil que você busca.

Se o seu quadro de funcionários contempla um Analista de Implementação ou uma equipe especialista em treinamento, perfeito! Se não, busque um especialista para te ajudar nesse momento. Eu terei prazer em te ajudar nessa missão!

É importante que o maior número de áreas impactadas pela implantação do LMS participe dessa escolha, assim você já mitiga um dos principais riscos do projeto: não atender as necessidades específicas de um cliente interno.

Esse período de avaliação deve te trazer algumas respostas:

– Esse LMS atende as necessidades da organização?

– Qual o diferencial de cada fornecedor?

– Qual o custo da implementação? Lembre-se de considerar os custos indiretos.

– Quão flexível é o sistema?

– Faz integração com seus outros sistemas de gerenciamento?

– As atualizações e melhorias são frequentes?

– Qual o tempo médio de resolução de problemas?

– Qual o nível de suporte durante a implantação da plataforma?

– Como acontecerá a migração dos cursos e materiais que você já tem?

– As tarefas são essencialmente automáticas ou manuais?

5. Fechando negócio

Tenha em mente que escolher o melhor fornecedor entre suas opções é apenas metade do caminho (ou já é metade do caminho, se você vê o copo cheio!). Feito isso, agora é hora de:

– Comunicar a decisão a todos os envolvidos;

– Estabelecer um plano de ação e defina os papeis e responsabilidades de cada um dos envolvidos;

E, por último, sugiro que você avalie realizar a implementação por etapas, escolha uma escola de treinamento e siga em frente, mitigue riscos, aprenda com os erros e procure solucioná-los antes de passar para a próxima escola;

Erros comuns que devem ser evitados

São muitos fornecedores oferendo as melhores plataformas, por isso fique atenta para não cair em armadilhas.

  • Quero, posso, preciso?

Nenhuma plataforma vai resolver todos os seus problemas, pior ainda se você não conhece todos seus problemas! Avalie a real necessidade de ter um LMS, tenha clareza sobre quais são os objetivos e estratégias de treinamento da sua empresa. Pense a longo prazo!

  • Não deu match!

Cada empresa tem necessidades específicas, não é porque uma organização usa o LMS X-y-Z que você deve optar pelo mesmo. Verifique se as necessidades da sua organização são plenamente atendidas pelo fornecedor.

  • Pediu trial?

Faça um test drive na ferramenta, perceba a sua lógica, navegabilidade e analise cada detalhe.  Caso o fornecedor se negue, descarte-o antes que seja tarde!

  • Evitar DR

Converse sobre os planos futuros do fornecedor, peça que ele apresente um road map das atualizações e melhorias da plataforma.

  • Não falar de dinheiro

Ter um LMS não é um investimento que se faz apenas uma vez, considere os custos decorrentes de novas versões e de customizações e melhorias específicas para o seu negócio. É comum que esses valores adicionais representem cerca de 25% do orçamento inicial.

Considere também o número de usuários que terão acesso à plataforma (sejam eles funcionários, terceiros ou clientes). Em geral esse é um fator que compõe o custo do serviço.

  • Quem vê cara, não vê coração

Não basta ser bonita, tem que considerar a interface com o usuário. Avalie se a navegação é intuitiva.


E então? Me conta!

Ficou alguma dúvida? Você está a procura por um LMS nesse momento?

Precisa de um LMS Moodle?

Acessibilidade no Tema Moove para Moodle

Gosto de pessoas criativas, e quando estas resolvem criar soluções que impactam não devem ficar ocultas, hoje os méritos vai para Willian Mano Criador do thema Moove que está disponível gratuitamente no repositório do Moodle.

Willian Mano continua agregando valor no desenvolvimento do tema Moove, ele continua tentando atender às expectativas dos usuários, além de oferecer novas funcionalidades.

O mesmo assumiu um desafio sobre acessibilidade em ambientes virtuais de aprendizagem. Diversos usuários após testar e revisar o Moodle e os temas gratuitos, chegaram à conclusão de que o tema Moove é o mais acessível e inclusivo.

Aproveitamos a oportunidade para falar sobre melhorias que poderiam ser feitas, bem como novos recursos. Nessa conversa, descobri que o bloco de acessibilidade do Moodle está desatualizado e até mesmo procurando um novo mantenedor. Willian Mano decidiu incorporar os recursos do plugin do bloco de acessibilidade do Moodle ao tema, além de adicionar mais alguns recursos.

Porque a acessibilidade é importante

 

Porque a acessibilidade é importante

No passado, tive a oportunidade de trabalhar com uma pessoa com deficiência visual e, na época, vi o quão importante é ter um site nos padrões acessíveis. Desde então, tenho tentado aplicar esses padrões, da melhor maneira possível, em todos os trabalhos que faço e no tema Moove encontrei as melhores opções.

Configurações de tema

Moove possui um botão de configurações

Configurações de tema

Agora, o tema do Moove possui um botão de configurações. Clicar neste botão exibe uma janela modal, onde o usuário pode configurar o tema. Nesta versão inicial, temos apenas 2 opções:

Janela modal de configurações de tema

Janela modal de configurações de tema

Janela modal de configurações de tema
  1. Tipo de fonte – atualmente, existem apenas opções para escolher entre a fonte padrão e a fonte OpenDyslexic. Esta é uma nova fonte de código aberto criada para aumentar a legibilidade dos leitores com dislexia.
  2. Ativar barra de ferramentas de acessibilidade – a barra possui opções para aumentar e diminuir o tamanho da fonte do site, e três tipos diferentes de contraste de texto podem ser escolhidos.

A barra de acessibilidade foi inspirada no bloco de acessibilidade, mas todo o javascript foi reescrito, além de como as folhas de estilo são exibidas.

O bloco de acessibilidade funciona apenas nos cursos em que está presente; portanto, você pode ter configurações diferentes (como tamanhos de fonte diferentes) para cursos diferentes, isso pode causar confusão para os usuários.

Quando ativada, a barra de acessibilidade é exibida na parte superior do site, como você pode ver abaixo.

barra de acessibilidade

Barra de ferramentas de acessibilidade

E na imagem abaixo, você pode ver o tema com a fonte OpenDyslexic em ação.

fonte OpenDyslexic em ação.

Tema com a fonte OpenDyslexic

Então, se você gostaria de ter instalado este Moove que é um tema do Moodle que torna os ambientes on-line mais limpos e intuitivos para alunos e educadoresSinta-se à vontade para me enviar um email: (lazarojcs @ gmail.com).

Links interessantes

 https://github.com/willianmano/moodle-theme_moove/blob/master/classes/api/accessibility.php

https://moodle.org/plugins/pluginversions.php?plugin=block_accessibility

 https://moodle.org/plugins/theme_moove

Fonte:https://medium.com/@theme_moove/moove-theme-2020-and-accessibility-d1b921ee7073

Prévia de tendências globais do eLearning: você deve esperar ou adotar?

Prévia de tendências globais do eLearning: você deve esperar ou adotar?

TENDÊNCIAS DO ELEARNING
TENDÊNCIAS DO ELEARNING

Estamos em uma curva de aprendizado. Estamos aprendendo a adotar o eLearning em nossas vidas diárias. Espera-se que o tamanho do mercado global de eLearning aumente 14% durante o período de 2017 a 2022.

Compreendendo as tendências globais de eLearning

Segundo especialistas, esse valor será avaliado em mais de US $ 115 bilhões nesse período. Mas, o que parece estar impulsionando a indústria do eLearning? Os principais fatores de crescimento são uma abundância de tecnologias de eLearning, rápido desenvolvimento de aplicativos educacionais e um crescimento gigantesco na demanda por essas plataformas, conteúdo centralizado, gerenciamento de tempo, flexibilidade e conveniência e muitas outras vantagens que ele oferece ao usuário final. Durante o período de previsão, os especialistas projetam inúmeras tendências e isso continuará moldando o setor de eLearning como o conhecemos.

Compreendendo as tendências do eLearning com segmentação de mercado

Por modo de entrega

Podemos ver pelas tendências atuais que o modo de entrega em pacotes é a norma no momento. O segmento de conteúdo empacotado é composto por eBooks, vídeos e simulações que fornecem a plataforma ideal para o aprendizado on-line. Eles são fáceis de entender e oferecem um sistema padronizado de ensino baseado nos modelos SaaS / LMS e outros, e compõem mais de 29% da participação total do mercado.

Por Modelo de Aprendizagem

Os modelos de aprendizado individualizado representam mais de 77% da participação total de mercado no setor de eLearning. O mesmo deverá atingir mais de 43,54 bilhões de dólares no período de previsão. De acordo com muitas pesquisas, há uma demanda crescente por módulos de aprendizado individualizados no setor corporativo. Dessa forma, criaremos mais oportunidades para fornecedores nesse mercado em um futuro próximo.

Por tipo

O segmento de treinamento detém de longe a maior participação nesse setor, e continua a crescer além de 40% e alcançará receitas de mais de US $ 55,15 bilhões em dólares durante este período de previsão do mercado de eLearning. Há uma crescente demanda por Sistemas de Gerenciamento de Aprendizado por profissionais, oficiais do governo e setores acadêmicos.

Por usuários finais

Estudantes ou profissionais individuais não serão os únicos a usar essas plataformas. O setor corporativo, em particular, deve crescer 9,76% durante o período mencionado aqui, e haverá uma demanda crescente por programas de treinamento e profissionais relacionados ao gerenciamento de conteúdo para torná-los mais eficientes e economizar mais tempo.

Por Geografia

Estudos sugerem que a América do Norte vai dominar o mercado de eLearning, seguido pela APAC, Europa, Oriente Médio e América Latina.

Compreendendo a dinâmica do mercado

Os vários fatores de crescimento do mercado:

  • Aumento da penetração da internet
  • Um aumento na demanda por serviços e dispositivos habilitados para Internet
  • Força de trabalho global
  • Migração de mão de obra qualificada
  • Iniciativas de digitalização em todo o mundo
  • Avenidas mais avançadas e digitais de aprendizado e treinamento
  • Investimentos privados constantes no aprendizado de idiomas digitais

A seguir, apresentamos as muitas restrições de crescimento enfrentadas:

  • É necessária inovação contínua de produtos
  • Variabilidade em hardware e software
  • Presença de mercados fechados
  • Largura de banda inadequada da Internet
  • Falta de modelos de receita viáveis

As últimas tendências no setor de eLearning (como observamos recentemente)

  • Iniciativas são adotadas por instituições educacionais para incentivar os alunos a mudarem dos livros tradicionais para tablets e acessarem eBooks, ensaios e pesquisas on-line e permanecerem conectados à rede Wi-Fi aberta da escola para um aprendizado contínuo.
  • Aplicativos de aprendizado novos e mais avançados estão possibilitando o mLearning e o microlearning, além de acelerar o consumo dos alunos, disponibilizando a eles uma variedade de formatos legíveis.
  • Há Recursos Educacionais Abertos (OERs), que são simplesmente conteúdos desenvolvidos com o objetivo de aprender e ensinar e estão disponíveis gratuitamente on-line para todos os usuários. Ele inclui materiais digitais e contadores de conteúdo, livros didáticos digitalizados, streaming de vídeos, software e outros tipos de suporte.
  • A aprendizagem social também está se popularizando (também chamada de aprendizagem ponto a ponto) e foi popularizada pelos cursos on-line abertos e massivos (MOOCs). São basicamente comunidades formadas em torno de assuntos e causas, que possibilitam que os alunos compartilhem conhecimento em todo o mundo e também facilitam a duração do conteúdo.
  • Maior foco na pesquisa, o que implica diretamente na aprendizagem ativa e maior participação dos alunos na construção do conhecimento, para que todos possam se destacar no campo da educação e ajudar a gerar conteúdo para que outros possam aproveitar.

Conclusão

A história está apenas começando. A base de usuários ou alunos, como vimos, não se limita a estudantes, crianças ou alunos de escolas / faculdades. Existem várias empresas em todo o mundo que já começaram a adotar várias plataformas de eLearning em um ritmo acelerado. Muitas dessas plataformas geralmente são entregues a eles em regime turn-key e facilita o aprendizado e o desenvolvimento contínuos dos funcionários. Isso tornou uma necessidade estratégica pela maior razão pela qual a adoção do eLearning permite alcançar objetivos de aprendizado baseados no microlearning e na qualificação. Isso está tornando suas habilidades mais detalhadas, abrangentes e em sintonia com os tempos atuais. Lembre-se de que a espera apenas atrasará o inevitável, ao passo que sua adoção tornará a sua organização à prova do futuro imediatamente.

Fonte: elearning industry

Quer ter seu LMS Moodle instalado e configurado?

Precisa de um LMS Moodle?

Conheça os benefícios de investir em um sistema de gerenciamento de aprendizagem

Abaixo está 8 benefícios de investir em um sistema de gerenciamento de aprendizagem

Um investimento em conhecimento paga o melhor interesse. Esteja você executando um negócio de eLearning, treinando profissionais ou procurando maneiras de equipar seus funcionários com um ótimo programa de P&D, você precisa de um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado (LMS) confiável para criar a melhor experiência de aprendizado possível para seus alunos.

Soluções de software LMS

Veja como um LMS pode aumentar seu ROI e impulsionar sua organização. Estes são os 8 principais benefícios de investir em um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado.

1. Conhecimento centralizado e facilmente gerenciável

Todo LMS fornece uma maneira centralizada de gerenciar materiais de eLearning dentro de uma organização. Manter seu conteúdo armazenado e controlado no mesmo local permite criar cursos com facilidade e acessar informações conforme necessário, onde quer que você esteja. Sem centralização, as organizações devem recorrer a técnicas desatualizadas de armazenamento e gerenciamento, o que aumenta o risco de perda de dados valiosos e documentos confidenciais. Isso é prejudicial para o know-how de toda organização e para o seu crescimento geral.

2. Acesso 24/7 a cursos e conteúdo de eLearning

Como um hub centralizado para armazenar e organizar conteúdo educacional, um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado pode ser acessado a qualquer hora e em qualquer lugar. Disponibilidade 24/7 e acesso on-the-go são garantidos para educadores e alunos, graças à computação em nuvem. Isso oferece aos profissionais de eLearning e L&D a oportunidade de colaborar em cursos e trabalhar remotamente em material educacional. O acesso ilimitado também é concedido aos alunos, pois eles podem fazer cursos e estudar materiais de eLearning por meio de smartphones e tablets.

3. Ficar no topo do desempenho de todos os alunos

Todas as melhores soluções de software LMS vêm com recursos integrados para rastreamento de desempenho em tempo real. Essas ferramentas permitem que educadores, criadores de cursos e instrutores de treinamento permaneçam atualizados sobre o progresso de todos os alunos ao longo de seus programas de eLearning. Isso lhes dá a oportunidade de fornecer orientação em tempo real e abordar os pontos de confusão de seus alunos assim que eles ocorrem. Além disso, o rastreamento de desempenho é uma ferramenta útil para determinar a eficácia do curso e descobrir e colmatar as lacunas de conhecimento. Se houver algo que esteja faltando no seu programa de eLearning, seu software LMS garantirá que você observe a supervisão e melhore seus cursos no devido tempo. Graças a esse objetivo duplo, o rastreamento de desempenho pode ser o recurso LMS mais valioso.

4. Redução de custos de pesquisa e desenvolvimento

Os cursos de treinamento são caros. Ao planejar o orçamento de gerenciamento de conhecimento da sua organização, você deve levar em consideração tudo, desde o custo da impressão dos materiais de aprendizagem até a reserva de um quarto de hotel para o instrutor de treinamento corporativo. Embora um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado confiável não possa ser obtido gratuitamente, ele ainda fornece tudo o que você precisa para preparar e implantar cursos e programas de treinamento on-line por um preço único. Além disso, esta solução abrangente vem com um enorme ROI.

5. Abordagem com eficiência de tempo para todos os programas de pesquisa e desenvolvimento

De acordo com um estudo da Brandon Hall, o eLearning normalmente exige de 40% a 60% menos tempo dos funcionários em comparação com o treinamento tradicional em sala de aula. O ambiente de aprendizado on-line apresenta técnicas favoráveis ​​ao local de trabalho, como o microlearning e o mLearning. As soluções de software LMS de ponta são projetadas com essas técnicas em mente. Em vez de cursos longos, eles permitem que você crie módulos pequenos, que podem ser concluídos em minutos, algumas vezes por dia. Dessa forma, o microlearning mantém o foco dos alunos. O mLearning , por outro lado, economiza tempo, tornando os cursos responsivos a dispositivos móveis. A capacidade de acessar o material de eLearning por meio de um smartphone ou tablet também aumenta a eficiência de tempo, pois os alunos podem fazer cursos durante o intervalo do almoço ou enquanto viajam para o trabalho.

6. Facilidade de uso, flexibilidade e escalabilidade em tempo real

Com a mesma habilidade voltada para educadores e criadores de cursos, investir em um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado também significa que os programas de e-Learning da sua organização permanecerão sempre atualizados com as últimas descobertas, pesquisas científicas e tendências do setor. É assim que a facilidade de uso e a flexibilidade das soluções de software LMS garantem a escalabilidade em tempo real dos seus cursos online. A computação em nuvem permite atualizar o conteúdo educacional a qualquer momento e implantar as versões aprimoradas apenas alguns minutos depois.

7. Experiências personalizadas e de aprendizagem social

O rastreamento do desempenho em tempo real é extremamente útil por outro motivo, pois permite que o software LMS gere dados sobre os alunos, que equipam sua organização com informações sobre seus hábitos, estilos e preferências de aprendizado individuais. Usando esses dados do software LMS, seus profissionais de P&D, criadores de cursos e instrutores de treinamento podem personalizar os caminhos de aprendizado e atender às diversas necessidades de seus alunos. Desnecessário dizer que essa personalização leva a um maior envolvimento e melhor retenção. Se os dados mostrarem que alguns de seus alunos têm um desempenho melhor quando estudam em grupo, em vez de fazerem cursos isoladamente, seu Sistema de Gerenciamento de Aprendizado também pode ajudá-lo a integrar experiências de aprendizado social em seus caminhos de aprendizado personalizados.

8. Maneira mais fácil de cumprir os regulamentos de conformidade

Um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado também permite que sua organização acompanhe o ritmo das normas de conformidade atuais. Como você já sabe, esses regulamentos são mais do que diretrizes, optar por não segui-los pode levar a multas caras. Além disso, as leis de conformidade estão sempre mudando. Como estão sendo atualizados o tempo todo, permanecer no controle das mudanças recentes pode ser um pouco difícil. É muito mais fácil para as organizações cumprir os regulamentos de conformidade com uma solução de software LMS.

Pensamentos finais

Não custa muito investir em um Sistema de Gerenciamento de Aprendizado, especialmente quando você considera o que esta solução abrangente tem a oferecer. Com mais benefícios do que podemos contar, as ferramentas de software LMS ajudam as organizações a crescer de maneira saudável e orientada ao conhecimento.

Aproveitou este Site? Por favor, espalhe a palavra :)